quinta-feira, 4 de abril de 2019

5 dicas para ganhar dinheiro viajando

“Profissão viajante” permite monetizar viagens por meio do compartilhamento de bagagem, intercâmbio de trabalho e até do aluguel de imóveis

imagem reprodução


Quem não gosta de viajar? Só em 2017, os brasileiros foram responsáveis por mais de 9 milhões de viagens internacionais e a previsão é que esse número cresça 3% ao ano até 2022, de acordo com dados da Euromonitor. Porém, em muitos casos, o orçamento dedicado a viagem  pode pesar no bolso e até fazer com que o turista desista do descanso. No entanto, hoje já existem diversas maneiras de ganhar dinheiro viajando - principalmente utilizando a tecnologia como aliada. Nós listamos 5 dicas - confira abaixo.

1. Intercâmbio de trabalho
Neste tipo de intercâmbio - e existem diversos programas - é possível “trocar” trabalho por hospedagem - e os tipos de trabalho também são bastante variados, em estações de esqui, hotéis, resorts, restaurantes e até casas de família para cuidar de crianças.

Estudar e trabalhar também é uma opção em países que permitem que estudantes estrangeiros trabalhem. É o caso de Canadá, Irlanda, Austrália e Nova Zelândia, onde é possível frequentar uma escola de idiomas, por exemplo, e trabalhar nas horas vagas.

2. Aluguel de imóvel
Se você tem uma casa ou apartamento próprio, pode alugar e gerar renda enquanto estiver fora. Para isto, você pode usar plataformas como o AirBnb, que garantem a segurança do processo e aumentam as chances de você conseguir inquilinos - para longas ou curtas temporadas.

3. Compartilhamento de bagagens

É uma maneira segura de obter uma renda extra e custear algumas despesas da viagem, como passeios e o transporte. Um exemplo no Brasil, é o Grabr - (https://grabr.io/pt) app disponível em mais de 120 países que conecta viajantes a compradores e possui mais de 1 milhão de usuários cadastrados em sua plataforma. O aplicativo conta com um programa de “recompensas”, que permite ao viajante monetizar suas viagens: ao trazer produtos dentro do espaço livre de suas bagagens, o viajante recebe uma recompensa, que é calculada pelo app com base no preço do produto e pode ser diretamente negociada com a outra parte, o comprador.

4. Fotografia

Para quem fotografa bem e conta com pelo menos uma câmera semi-profissional, as opções são variadas: é possível comercializar as fotos da viagem, em bancos de imagem online ou diretamente para livros, revistas e portais. Além disso, você pode ganhar dinheiro fotografando as pessoas do destino: ensaios, eventos ou estabelecimentos comerciais podem render uma graninha.

5. Seja um nômade digital
O nômade digital é um profissional que só precisa de um notebook e uma boa conexão de internet, para exercer seu trabalho de qualquer lugar do mundo. Funciona para designers, escritores, programadores, tradutores, por exemplo. E outras profissões estão se modernizando e aprendendo que é possível adaptar o escritório e ganhar mais com colaboradores motivados.

AGÊNCIA NOAR

Blog do Brother
Envie sugestões de pautas para rubemardejesus@gmail.com

 Loja de informática Brasil facin