segunda-feira, 12 de março de 2018

Lei aprovada no Congresso quer acelerar processo de adoção tardia


Principal entrave no processo de adoção é o fato de famílias ainda preferirem bebês

Por Marquezan Araújo

Para a chegada de um filho à família, pais biológicos esperam cerca de 270 dias (nove meses), desde o início da gravidez da mãe. No entanto, pessoas que desejam adotar uma criança têm que passar por um longo processo e, às vezes, esperam anos para recebê-la no novo lar.

Para acelerar esse procedimento, o Congresso Nacional aprovou um projeto de lei (PLC 101/2017) que, entre outras coisas, trata de dar agilidade ao processo de adoção, priorizando grupos de irmãos, que normalmente já são crianças maiores. De acordo com a relatora da matéria, senadora Marta Suplicy (MDB-SP), o objetivo é acabar com a angustia dessas crianças que ficam na fila, na esperança de conhecer a nova família.

“Essas crianças gostariam de ter um lar, mas é tanta burocracia que elas não conseguem ser adotadas. 20% dessas crianças têm possibilidade e estão no Cadastro Nacional, mas demora tanto tempo e a criança fica lá e ela cresce nesse período. Ela cresce e, depois, perde a oportunidade de ser adotada porque, infelizmente, as pessoas querem adotar crianças bem pequenininhas”, explica a parlamentar.

Um dos pontos do projeto estabelece que, após o estágio de convivência de 90 dias, o processo tenha até 120 dias para ser concluído, caso os pais decidam ficar com a criança. Esse prazo só poderá ser prorrogado uma vez.

O estágio de convivência é aquele período de integração entre os pais que vão adotar e a criança que vai ser adotada. E, até então, não existia um tempo determinado para ele, ficando a critério da avaliação judicial.

No Brasil, crianças maiores têm mais dificuldades de serem adotadas. Os mitos em torno disso levam as pessoas a acreditarem que terão problemas adotando uma criança com idade a partir de três anos, por exemplo. Porém, o Arquiteto Túlio Gomes, de 48 anos, não enxerga isso como um impedimento para dar uma chance a alguém que só deseja o carinho e atenção de uma família.

“Eu prefiro que seja uma adoção tardia para dar oportunidade para quem tem mais dificuldade. Tudo é possível com amor. Você precisa se entregar e unir essa criança, porque ela também precisa de um tempo para formar esse laço contigo”, avalia.


Túlio mora em Brasília, é solteiro e conta que perdeu o pai em 2010. A partir de então, ele pensou na possibilidade de agregar outra pessoa à família para dar e receber afeto. “A minha família ficou só eu e minha mãe. Então ela ficou muito curta e eu parei para analisar: porque não oportunizar a vida de uma criança também? Eu sempre tive vontade de ser pai e eu acho que essa é a grande oportunidade”, diz.


De acordo com o supervisor da Seção de Adoção da Vara da Infância e da Juventude do Distrito Federal, Walter Gomes, a diferença da quantidade de pais que querem adotar e de crianças que preenchem todos os requisitos para serem adotadas é muito expressiva. Em todo o país, a relação é de aproximadamente 40 mil famílias para 8 mil crianças. Na avaliação de Gomes, o maior problema em achar uma nova família para essas crianças, de fato, é a dificuldade de flexibilizar o perfil exigido pelos pretendentes, como por exemplo, o de uma criança mais velha.

“A grande maioria das famílias que se habilita para adoção prefere crianças de 0 a, no máximo ,3 anos de idade. Porém, dos disponíveis para serem adotados, a maior parte se trata de adolescentes e pré-adolescentes que estão espalhados em dezenas de instituições de acolhimento, aguardando com muito anseio, muito desejo a oportunidade de passarem a fazer parte de uma família verdadeiramente afetiva”, comenta Gomes.

Caso você tenha interesse em conhecer o processo de adoção e queira realizar o sonho de uma criança mais velha de ter um lar, o grupo Aconchego está de portas abertas para te orientar. Para mais orientações, preencha este formulário.

blog do brother
via agencia do radio mais



Publicidade
 Loja online Brasil Facin


Loja de accessórios para informática, celulares, papelaria, decoração, moldura, quadros, tintas para bulk ink, pen-drive, carregadores, cabos, suporte para celular, etc

DIETA DE EMAGRECIMENTO COMPROVADO EM 3 SEMANAS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *