Pesquisar por Notícias

domingo, 12 de novembro de 2017

Proposta no Senado possibilita porte de armas a partir dos 18 anos

Um dos projetos convoca um plebiscito para 2018 no qual a população poderia votar a revogação do Estatuto do Desarmamento em vigor

Reprodução


REDE TV



Cresce a disposição do Congresso para aprovar mudanças que coloquem um fim ao Estatuto do Desarmamento. As informações são do jornal O Globo.

Chegou à CCJ do Senado o parecer favorável à criação do Estatuto do Armamento, assinado por Sérgio Petecão (PSD-AC).

O texto estabelece regras que possibilitam o comércio de armas, posse, porte e munição a maiores de 18 anos. Os interessados teriam que comprovar capacidade técnica para manusear os objetos, ter bons antecedentes e aptos psicologicamente.

Petecão falou que tomou a decisão após avaliar a enquete promovida pelo site do Senado, na qual mais de 90 mil votos foram a favor do novo estatuto e 11 mil, contra.

Além desse estatuto, duas propostas que facilitam o acesso às armas de fogo - de autoria do senador Wilder Morais (PP-GO) e relatoria de Petecão - estão prontas para entrar na pauta de votação da CCJ do Senado. Se aprovadas, precisam passar pela Câmara e também receber sanção presidencial.

Um dos projetos convoca um plebiscito para 2018 no qual a população poderia votar a revogação do Estatuto do Desarmamento em vigor. O outro autoriza a posse de armas em residências na zona rural - nesse caso, teriam direito à posse pessoas com mais de 21 anos que moram afastadas de centros urbanos.

PUBLICIDADE







RÁDIO FORROZEANDO A MELHOR RÁDIO DA WEB. BAIXE AGORA; https://play.google.com/store/apps/details?id=radio.forrozeando1




Whatsapp 81 9 8737-5012
Facebook: https://www.facebook.com/Brother1973Baixe nossos Aplicativos - na Play Store

Participe de grupo blog do irmão enviando seu contato para 81 98737-5012

Sugestões de pautas, elogios, e reclamações use os contatos acima.


AVISO! A reprodução total ou parcial é tão permitida desde que uma fonte de energia, de outra forma iremos denunciar aos organismos competentes por plágio.

banner dos apps