Pesquisar por Notícias

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Preso quinto suspeito de participar do tiroteio que atingiu jornalista em Caruaru

Homem de 22 anos também estava foragido de Alcaçuz, no RN. Padrasto de suspeito morto também foi autuado, nesta terça (19)


Por: Portal FolhaPE

Jefferson Santos da Silva, 22 anosFoto: Divulgação

O quinto suspeito de envolvimento no tiroteio que terminou com um jornalista baleado em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi preso nesta terça-feira (19). Jefferson Santos da Silva, 22 anos, tinha conseguido escapar de uma operação realizada pela polícia na segunda (18), na Zona Rural da cidade, onde três homens foram detidos e um quarto morreu na troca de tiros. A polícia também prendeu o homem que estava escondendo Jefferson.

Ele foi preso no bairro José Carlos de Oliveira, escondido em uma casa na localidade. A polícia chegou ao local por meio de denúncia anônima. Com ele, foram encontrados um revólver e uma pistola, que foi roubado de um policial militar do Rio Grande do Norte. Na residência, a polícia encontrou diversos produtos roubados de moradores de Caruaru.

A Polícia Civil (PC) informou que esse quinto suspeito também é foragido da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, a maior do Rio Grande do Norte, como os três presos e o suspeito morto na segunda-feira. Ele era procurado por homicídio e latrocínio naquele estado. O chefe da Polícia Civil, Joselito Kehrle do Amaral, explicou que todos os detidos são foragidos da última rebelião, que aconteceu em 14 de janeiro de 2017, e que "eles vinham aterrorizando" em Caruaru.

"Dos quatro, ele é o mais agressivo deles, menciona que faz parte do PCC [ Primeiro Comando da Capital] e que na rebelião, junto com os demais, matou mais de 100 pessoas. É algo que devemos levar em consideração para pedir a saída dele do estado para um presídio de segurança máxima", disse Kehrle. Jefferson será levado para a Diretoria Integrada do Interior 1 (Dinter 1) para prestar depoimento e, na quarta (20), encaminhado para audiência de custódia.

O padrasto do suspeito morto também foi autuado, nesta terça, por abrigar Jefferson em sua casa. Segundo a polícia, Pedro Guilherme da Silva Filho, 57 anos, não participava dos assaltos realizados pelo grupo. Pedro será indiciado por associação criminosa e será apresentado na audiência de custódia na quarta, onde a Justiça decidirá se ele será preso ou se vai responder em liberdade.


PUBLICIDADE




anuncie_aqui


RÁDIO FORROZEANDO A MELHOR RÁDIO DA WEB. BAIXE AGORA; https://play.google.com/store/apps/details?id=radio.forrozeando1




Whatsapp 81 9 8737-5012
Facebook: https://www.facebook.com/Brother1973Baixe nossos Aplicativos - na Play Store

Participe de grupo blog do irmão enviando seu contato para 81 98737-5012

Sugestões de pautas, elogios, e reclamações use os contatos acima.


AVISO! A reprodução total ou parcial é tão permitida desde que uma fonte de energia, de outra forma iremos denunciar aos organismos competentes por plágio.

banner dos apps